Menu

Notícias

IPAM » Sala de Imprensa » Notícias » Segunda horta orgânica do Município é inaugurada pelo prefeito Hildon
17 out

23 visualizações

Segunda horta orgânica do Município é inaugurada pelo prefeito Hildon

O objetivo do projeto é atender 20 escolas até o final de 2019

A segunda horta orgânica do ‘Projeto Escola + Sustentável’ foi inaugurada pelo prefeito de Porto Velho, Hildon Chaves, na manhã desta quarta-feira, 17, na Escola Municipal de Ensino Fundamental São Pedro, no Bairro Pedrinhas. A horta, feita pela equipe da Subsecretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Sema), atenderá 420 alunos.

Hildon Chaves destacou que o projeto ultrapassa os limites da sala de aula, já que, a partir do conhecimento adquirido pelas crianças e seus pais, poderá ser feito na casa de cada um. “Todo mundo tem um pedacinho de terra que poderá ser aproveitada para uma horta”, comentou o prefeito, destacando que a ação reforça a sustentabilidade alimentar das famílias com maior dificuldade financeira.

O chefe do Executivo Municipal destacou ainda, que, com uma escola autossustentável, o dinheiro economizado é revertido para outras necessidades. Mas, não estamos fazendo isso por economia, ela é irrelevante na manutenção de uma escola, porém, é uma maneira de promover a produção de um alimento saudável e sem agrotóxicos. Isso é mais saúde”, reforçou.

De acordo com o subsecretário da Sema, Robson Damasceno, a atividade iniciou na gestão Hildon Chaves com a proposta de reduzir os resíduos orgânicos gerado na escola. “Estamos investindo nas nossas crianças para mostrar o que é sustentabilidade, ou seja, trabalhando no social, ambiental e econômico associado à Educação.

O subsecretário informou que a determinação do prefeito é que, até julho de 2019, o ‘Projeto Escola + Sustentável’ seja aplicado em 20 unidades de ensino.

Incentivo

Robson Damasceno fez a entrega de uma ‘caneca sustentável’ à primeira-dama Ieda Chaves, madrinha da Escola São Pedro, com a proposta de incentivar as crianças e a equipe da instituição educacional a mudar de atitude, trocando os copos descartáveis por canecas duráveis no uso diário.

Comdecom

Compartilhe


Deixe seu comentário

Notícias Relacionadas