Menu

Notícias

IPAM » Sala de Imprensa » Notícias » Prefeitura, órgãos públicos e civis juntos no acolhimento à indígenas
11 nov

78 visualizações

Prefeitura, órgãos públicos e civis juntos no acolhimento à indígenas

A Prefeitura de Porto Velho, via Secretaria Municipal de Assistência Social e Família (Semasf), reuniu, na manhã da sexta-feira (8), órgão municipais, estaduais, federais e entidades civis, para apresentar como está funcionando o acolhimento aos venezuelanos, e solicitar ajuda para atender o caso específico das venezuelanas indígenas que estão, cada vez mais, chegando à cidade de Porto Velho.

O secretário da Semasf, Claudi Rocha, explicou que o objetivo era reunir todos os interligados dessa rede de acolhimento no município, no estado e na União, para se construir juntos, um protocolo de atendimento ao fluxo migratório das venezuelanas indígenas.

A proposta foi amplamente debatida por todos, acatada, inclusive, já sendo dado, naquele momento, os primeiros encaminhamentos, de forma objetiva.

A secretária adjunta da Semasf, Ana Maria Negreiros, que está à frente desse trabalho com o Serviço de Abordagem da Semasf, disse que agora o trabalho se fortalece, com a presença da Universidade Federal de Rondônia (Unir), que irá capacitar a equipe de campo em conhecimento de antropologia e espanhol, o que facilitará e dará qualidade ao serviço.

Na reunião ficou acordado que cada órgão fará sua parte. Todos saíram com compromissos assumidos, com planos e ações a serem realizadas. “Fizemos juntos um plano de trabalho e cada um vai fazer o seu serviço”, afirmou Ana Negreiros. “É um pedido do prefeito Hildon Chaves para nos empenharmos nessa causa dos imigrantes venezuelanos, e estamos fazendo”, disse Claudi Rocha.

Comdecom

Compartilhe


Deixe seu comentário

Notícias Relacionadas