Menu

Notícias

IPAM » Sala de Imprensa » Notícias » Plataforma ofertada aos municípios do interior pela Prefeitura de Porto Velho já atende mais de 15 mil alunos na rede municipal
06 maio

32 visualizações

Plataforma ofertada aos municípios do interior pela Prefeitura de Porto Velho já atende mais de 15 mil alunos na rede municipal

O prefeito de Porto Velho, Hildon Chaves, anunciou ontem (4) aos secretários municipais de Educação e prefeitos dos municípios do interior, a disponibilização, sem ônus, da plataforma de Educação a Distância “Porto Velho Educação Virtual”, durante reunião virtual na Coordenadoria Municipal de Tecnologia da Informação, Comunicação e Pesquisa (CMTI). A proposta é facilitar o acesso dos alunos à educação básica, por conta das limitações impostas pelo novo coronavírus (Covid-19).

De acordo com Hildon Chaves, Porto Velho hoje é referência no Brasil na oferta de educação à distância em diversos níveis, em especial na educação básica. “Por isso, agora por uma questão de cidadania nós estamos compartilhando essa experiência, essa plataforma tecnológica para que o Estado possa seguir avançando em termos de Tecnologia da Informação (TI), oferecendo aos alunos da rede pública esta modalidade neste momento tão difícil que estamos passando”, disse o prefeito, ressaltando que “é na dificuldade que devemos nos unir e nos ajudar”.

Presente à reunião por videoconferência, o secretário municipal de Educação, Márcio Félix, informou aos mais de 40 participantes que desde meados de abril a Secretaria de Educação da Capital vem fazendo uso de várias ferramentas pedagógicas, inclusive da plataforma AVA com o Programa “Porto Velho Educação Virtual” (ava.portovelho.ro.gov.br).

“Muitos municípios começaram a solicitar a ferramenta e conversei com o coordenador da CMTI, Saulo Nascimento e com o prefeito Hildon Chaves, sobre a demanda. A partir da solicitação, o prefeito que também é empresário do ramo educacional fez a doação do sistema usado pelo Grupo Athenas Educacional para todos que quiserem fazer uso da solução que tem tido sucesso na educação municipal com mais de 15 mil alunos cadastrados”, informou.

Hildon Chaves explicou que os conteúdos produzidos pela Semed da Capital poderão ser aproveitados pelos demais municípios. “Todos podem usufruir uns dos outros de forma colaborativa, sem prazo para parar”.

CREDENCIAMENTO DE ACESSO

Para ter acesso ao Programa, a Secretaria Municipal de Educação (Semed) de cada município através do Setor de TI, deverá assinar um Termo de Adesão informando a quantidade de alunos que deverão ser atendidos. Em seguida, poderão ter acesso a ferramenta com endereço próprio (ava.seumunicipio.ro.gov.br), porém sem personalização de interface do ambiente atual.

REGISTROS

Ainda participaram da reunião, a secretária adjunta da Semed, Gláucia Lopes Negreiros, a gerente da Divisão de Educação Básica (DIEB), Cassia Marisa Neres Silva, entre outros integrantes da área pedagógica, além do promotor de Justiça, Alexandre Jésus de Queiroz Santiago, da 18ª Promotoria de Justiça da capital, com atribuições para tutela da educação.

Comdecom

Compartilhe


Deixe seu comentário

Notícias Relacionadas