Menu

Notícias

IPAM » Sala de Imprensa » Notícias » Maternidade Municipal reforça cuidados durante a pandemia
18 maio

65 visualizações

Maternidade Municipal reforça cuidados durante a pandemia

Para prevenção e controle do novo coronavírus (Covid-19), a Maternidade Municipal Mãe Esperança (MMME) criou o Colegiado Gestor/Comitê de Crise e adotou uma série de medidas intensificando os cuidados dentro das normas de biossegurança recomendadas pelas organizações de saúde. Os cuidados envolvem a gestão de atendimentos, novas regras para os espaços de uso comum do prédio e ainda medidas individuais entre servidores e pacientes.

Durante o período de pandemia é permitida a entrada de um acompanhante na sala de parto, usando máscara de TNT ou de tecido, somente no momento do nascimento do bebê, conforme comunicado pela equipe médica. Em função do momento crítico, não está liberada a permanência de acompanhante no alojamento conjunto nos casos de partos vaginais, exceto nos casos de instabilidade clínica da mulher ou condições específicas do recém nascido (RN) ou ainda gestantes menores de 18 anos ou após a avaliação do serviço social e/ou psicologia da MMME.

Já nas cesáreas ficará um acompanhante por 24 horas, podendo esse período ser prorrogado nos casos de instabilidade clínica da mulher ou condições específicas do RN, ou ainda menores de idade ou após a avaliação do serviço social e/ou psicologia da MMME.

Estão proibidas acompanhantes gestantes, idosas, portadoras de doenças crônicas ou gripadas, além de pessoas que tenham tido contato com alguém con sintomas sugestivos de Covid-19. Visitas estão suspensas para todas as pacientes.

No que se refere à Gestão do Atendimento da Covid-19, a Maternidade implantou um serviço diferenciado para esse público, sendo uma sala exclusiva e arejada para atender a gestante que chega com síndrome gripal. Essa sala é usada para isolar as pacientes dos demais que estão no hall de atendimento.

O profissional de saúde deve estar paramentado com o Equipamento de Proteção Individual (EPI) distribuído pela unidade que inclui capote descartável, luvas de procedimento, óculos de proteção ou viseira tipo face shield e máscara cirúrgica.

Os cuidados nos ambientes de uso coletivo também foram reforçados. O refeitório está destinado somente para servidores e a alimentação é servida por uma pessoa destinada para essa função. No repouso laboral estão disponíveis frascos com hipoclorito para desinfecção das napas dos colchões antes do uso, além das orientações para o não compartilhamento de lençóis, uso de máscaras no descanso quando mais de um servidor estiver no ambiente e para que preferencialmente todos tomem banho antes de retornar para casa, principalmente o funcionário que tem filhos pequenos e que tem apenas um banheiro em casa, reduzindo assim a chance de contaminação do ambiente familiar.

A direção da maternidade orienta aos colaboradores que respeitem as medidas individuais como etiqueta respiratória, higienização frequente das mãos com água e sabão ou álcool 70%, entre outros cuidados apresentados durante o treinamento já realizado que inclui as normas de paramentação e desparamentação segura.

Em caso de sintoma gripal a gestão deve ser comunicada. Mais de 140 testes rápidos para covid-19 foram destinados pela Semusa para rastreio de contatos positivos na Maternidade.

Comdecom

Compartilhe


Deixe seu comentário

Notícias Relacionadas