IPAM oferece a seus segurados Exame de Cintilografia.

Cintilografia do coração: Importante na avaliação do risco de infarto do miocárdio.

O Instituto de Previdência e Assistência dos Servidores do Município de Porto Velho – IPAM credenciou a Empresa Centro de Medicina Nuclear de Rondônia, para realização de exames Cintilográfícos de alguns tipos de enfermidades para obter resultado mais preciso e minucioso.

O exame cintilográfico, permite obter imagens de processos fisiológicos que ocorrem no organismo.

Um dos exames cintilograficos mais procurado é o do Miocárdio que é feita para avaliar o fluxo de sangue que vai para o músculo do coração através das artérias coronárias. Serve também para ver indiretamente como está à circulação sanguínea do coração como outras doenças cardíacas.

Outro exame muito usado na medicina nuclear é a cintilografia óssea que permite a detecção precoce de qualquer condição que aumente o metabolismo dos ossos, dentre os quais se destacam: pesquisa de metástases (infiltração dos ossos por câncer, em geral de pulmão, próstata e mama); Infecções e inflamações dos ossos – osteomielite (principalmente em crianças); osteonecroses (interrupção do suprimento sanguíneo para o osso); dores lombares (suspeita de sacroileíte ou espondiloartropatias); fraturas de estresse, em geral nos atletas; avaliação tardia de próteses, principalmente dos quadris; avaliação e seguimento de tumores ósseos; doenças osteometabólicas (Paget, displasias, raquitismo, hiperparatireoidismo, etc.).

Cintilografia óssea: Para avaliar lesões ósseas, fraturas, tumores ou dor óssea sem causa conhecida.

A cintilografia óssea é um dos procedimentos mais antigos e estabelecidos da medicina nuclear, representando mais de 1/3 dos exames realizados na especialidade.

Basicamente consiste na injeção na veia de radiotraçador ósseo (difosfonados) que permite o rastreamento do esqueleto como um todo.

Além da Cintilografia do Miocárdio e Óssea, o exame cintilográfico é aplica em outros tipos de doenças com diagnósticos mais precisos e seguro.

O que é o exame?

A cintilografia é uma especialidade da medicina nuclear, permite obter imagens sobre a anatomia e função dos órgãos, utilizando-se de um medicamento chamado de radiotraçador ou radiofármaco, que concentra-se seletivamente no órgão a ser estudado. A radiação do medicamento é menor que uma exposição de raios-X. Através do aparelho – gama câmara – reconstrói-se a imagem no computador formando-se os cintilogramas, que representam a distribuição do radiotraçador no órgão estudado. Qualquer distribuição diferente do padrão apontará a presença de alguma anomalia. Hoje existe uma centena de exames cintilográficos desde uma análise funcional dos rins à análise de sistemas dos principais órgãos do corpo. O exame é contra-indicado em mulheres gestantes ou em amamentação. Caso esteja amamentando, deve-se suspender a amamentação e o contato íntimo com a criança por no mínimo 24 horas após o exame.

Recomendação para quem vai fazer o exame:

Não é necessário estar em jejum, pode alimentar-se normalmente; procurar vestir roupas confortáveis, sem excessos de botões ou peças metálicas; evite

cintos com fivelas muito grandes e jóias em excesso; não é necessário vir de bexiga cheia; pede-se se possuir, trazer exames recentes relacionados a doença (cintilografias prévias, radiografias, tomografias, ressonância, ultrassom, biópsias, relatórios médicos).

O IPAM com seus serviços de assistência médica credenciou este centro de medicina nuclear, para proporcionar a seus segurados condições modernas e seguras para a realização de exames mais precisos.


Maria do Carmo Souza Rodrigues
Assessoria de Imprensa